Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de
Ensino de Presidente Prudente e Região

NOTÍCIAS DO DIA
EaD ofertou mais vagas que presencial em 2018, governo não quer maior investimento em Educação, especialistas contra congelamento de salário mínimo, e mais.

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Leia tudo no site da Fepesp, aqui: http://www.fepesp.org.br.

 

Ensino superior a distância ofertou mais vagas
que o presencial em 2018, aponta Censo da Educação Superior

G1; 19/09
https://glo.bo/2lWHm0F

O número de vagas ofertadas pelo ensino superior a distância (EAD) superou em 2018, pela primeira vez, o número de oportunidades em cursos presenciais. No ano passado, foram 7.170.567 vagas remotas contra 6.358.534 vagas locais, respectivamente. O dado é do Censo do Ensino Superior, divulgado nesta quarta-feira (19) pelo Ministério da Educação e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Confira o programa que a Fepesp preparou para debater o EaD no país: http://bit.ly/2mqRdfw.  

 

Programa Future-se promove a corrupção entre o público e o privado
Carta Campinas; 18/09
http://bit.ly/2m1dlwR

No quarto ponto da análise de Renato Souza, que estudou o programa Future-se para participar de um debate no próprio MEC (Ministério da Educação), ele mostra como o programa promove a corrupção, facilitando que entes privados se apropriem do bem público, a partir do interesse ideológico ou particular do governante. A ilegalidade do programa está expressa em seus próprios artigos.    

 

 

Governo se diz contra PEC que aumenta recursos para Educação
Terra; 18/09
http://bit.ly/2m4udTa

A equipe econômica aguarda com apreensão a leitura nesta quarta-feira, 18, do relatório da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 15 de 2015, que torna o Fundeb permanente e aumenta a participação da União no fundo. Pelas contas de técnicos do Ministério da Economia, a aprovação do texto pode aumentar o investimento do governo federal em mais de R$ 855 bilhões em dez anos, “anulando” a economia com a reforma da Previdência.

 

 
Tribunal federal é contra educação domiciliar
Swissinfo; 18/09
http://bit.ly/2krRNZP

Em 2017, uma mãe no cantão da Basileia pediu autorização para instruir em casa seu filho de 8 anos. As autoridades escolares rejeitaram o seu pedido e o tribunal cantonal seguiu o exemplo, negando o recurso. A mãe levou o caso ao Tribunal Federal, onde argumentou que a decisão do tribunal cantonal equivalia a uma proibição da educação em casa e violava o seu direito constitucional ao respeito pela vida privada e familiar. No julgamento tornado público no início da semana, o Tribunal Federal rejeitou o recurso da mãe e decidiu que o direito à vida privada não confere nenhum direito ao ensino domiciliar. Ele acrescentou que nenhum tratado internacional concede tal direito.

 

 Artigo | 98 anos de Paulo Freire: uma educação problematizadora na pedagogia popular
Brasil de Fato; 19/09
http://bit.ly/2kr3O1t

Por Ramiro Teixeira: Foi iniciado no segundo semestre de 2019 o projeto “Sim, eu posso”, uma ação educativa para alfabetização de 375 jovens e adultos organizados em 15 turmas escolares das comunidades periféricas de Natal (RN) e região metropolitana. O objetivo é concluir a primeira etapa do processo de alfabetização este ano para, em 2020, expandir as ações para outras localidades do território potiguar, cujo índice de analfabetismo é de 14%.

 

 


Especialistas criticam intenção do governo de congelar salário mínimo
Agência Sindical; 19/09
http://bit.ly/2kHJvND

“Vamos voltar à escravidão. Vamos retroceder dois séculos”. Essa é a opinião do advogado trabalhista Hélio Gherardi sobre o anúncio do governo Bolsonaro de retirar da Constituição a correção do salário mínimo pela inflação. A intenção governamental é que, em momentos de desequilíbrio fiscal, seja permitido congelar mesmo os reajustes nominais, até que as contas se reequilibrem. Para o governo, congelar o salário mínimo poderia gerar economia de até R$ 37 bilhões.

 

SinproABC: reunião entre professores do Colégio Metodista
SinproABC; 19/09
http://bit.ly/2m0YClo

O SinproABC convida a todos os docentes do Colégio Metodista, a participarem da reunião a ser realizada no dia 23/09/2019 (segunda-feira), às 18h00, no auditório da Câmara dos Vereadores de São Bernardo do Campo, na Praça Samuel Sabatini, 50, 1º andar, Centro, São Bernardo do Campo, SP.

 

Sinpro Guarulhos: assembleia dia 25/09
Sinpro Guarulhos; 19/09
http://bit.ly/2m1ysPt

Dia 25/09, às 18h, na Rua Novo Oriente, 39. Assembleia para deliberar, informar, debater, porque não é tempo de estarmos só e a unidade da categoria.

   

 

 


Artigo | Estudantes puxam mobilização pelo clima
Folha de S. Paulo; 20/09
http://bit.ly/2lZzdIQ

Por Mara Gama: Está marcado para esta sexta-feira (20), no Masp, um ato pela Greve Global pelo Clima. Em outras cidades do interior do estado como Araraquara, Indaiatuba, Campinas, Franca e Ribeirão Preto também devem acontecer manifestações. Elas fazem parte das mobilizações planejadas pelo mundo durante toda a semana de 20 a 27 de setembro, a mesma em que ocorre a Cúpula do Clima da ONU (na segunda, 23), e a Assembleia Geral da ONU, que começa na quarta (25).