Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de
Ensino de Presidente Prudente e Região

NOTÍCIAS DO DIA
Estácio vai às compras, a fraude da Previdência, a máfia das creches, e mais.

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

No site da Fepesp – a transmissão integral da audiência pública (TV Câmara) e os números dos conglomerados na Educação Superior privada, nos slides apresentados por Celso Napolitano na Câmara Federal nesta quinta, 12:09: http://bit.ly/2mg6QX2.

 

 


Estácio volta a comprar após três anos e,
pela primeira vez, manterá marca

Exame; 12/09
http://bit.ly/2lP9UJz

Na onda de consolidação do ensino superior privado brasileiro da última década, o grupo carioca Estácio era um caso à parte. Enquanto suas principais concorrentes na bolsa, como Kroton e Ser Educacional, mantinham marcas regionais adquiridas, a Estácio apostava no valor de sua própria marca nacional para trazer uma unidade ao grupo. A estratégia perdurou por quase 50 anos, desde a fundação da Estácio, em 1970. Mas acabou definitivamente nesta quinta-feira.

 

As 11 universidades do Brasil que entraram
em ranking das melhores do mundo

UOL; 11/09
http://bit.ly/2kLh7tV

O Brasil aumentou o número de universidades que entraram na lista do Times Higher Education, um dos principais rankings universitários do mundo. Liderada pela britânica Universidade Oxford, a lista deste ano tem 46 universidades brasileiras, contra 35 no ano passado. O salto fez o Brasil passar de nono para o sétimo país com maior número de universidades na lista, deixando para trás nações como Chile, Itália e Espanha. Todas as 11 novas instituições brasileiras foram classificadas na faixa de mais de 1.001 —a classificação é feita em grupos a partir da posição 200.


Artigo | Análise: ‘Subir em rankings é trabalho
de longa maturação, mas de rápida destruição’

Estadão; 11/09
http://bit.ly/2kiUQn5

Por Renato Pedrosa, Professor associado do Departamento de Política Científica e Tecnológica da Unicamp: O cenário que o ranking do Time Higher Education mostra já é um retrato do passado. A notícia é interessante porque mostra que o Brasil vinha evoluindo positivamente, mas os trabalhos que dão embasamento ao ranking podem ter sido publicados três, quatro anos atrás. E o fato do Brasil estar no ranking, mesmo que não entre as duzentas melhores, não é ruim, levando-se em conta que o volume de investimentos em ensino superior não é tão alto quando se compara com outros países como os Estados Unidos, por exemplo. Na verdade, o país faz milagres nessa área. Na última década, o Brasil teve um aumento considerável no número de publicações científicas.

 

Ânima cria curso mais prático de pedagogia
Valor Econômico; 12/09
http://bit.ly/2kxu8Y2

A Ânima está lançando um curso de pedagogia com enfoque prático e flexível. Os alunos vão precisar fazer estágio ao fim de cada semestre e também uma residência. Entre os temas ministrados estão, por exemplo, como lecionar para crianças cujo acesso à internet se dá nos primeiros anos de vida e como administrar uma escola.

 


Associação Nacional de Pós Graduandos convoca greve geral
Diário do Comércio; 11/09
http://bit.ly/2kfJLTD

Os diversos cortes no orçamento da pesquisa brasileira, associados à escassez e defasagem das bolsas de estudos, que não são reajustadas desde 2013, fizeram com que a ANPG, em conjunto com trabalhadores da ciência e tecnologia, convoquem os pós-graduandos, pesquisadores, professores e demais setores da sociedade civil a se somarem à Greve Geral da Pós-Graduação e da Ciência e Tecnologia e à Marcha à Brasília, no próximo dia 2 de outubro.

 

 


Vereadores querem CPI para investigar máfia das creches em SP
Folha de S. Paulo; 13/09
http://bit.ly/2m8OXJx

Os vereadores da Câmara Municipal de São Paulo assinaram requerimento para criar uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar a máfia das creches terceirizadas na capital paulista. A polícia iniciou, na manhã desta quinta-feira (12), a operação Misantropia, com cumprimento de mandados de busca e apreensão em 16 endereços ligados aos suspeitos de chefiarem uma possível máfia das creches municipais. O grupo é suspeito de crimes como apropriação indébita, peculato, formação de quadrilha, ocultação de patrimônio e até de desviar comida das crianças.

 

Para lembrar | As creches em São Paulo:
superfaturamento de verbas públicas

Fepesp; 20/04/2018
http://bit.ly/2kfdPPd

Caso denunciado pelo jornal Folha de S. Paulo (20/04, no link) tem repercussão severa na utilização de verbas públicas para a educação infantil em São Paulo. Matéria aponta favorecimento político e métodos pouco republicanos nas transações com a Prefeitura Municipal de São Paulo e, entre outros, menciona participação de personagem conhecido da categoria, Benjamim Ribeiro da Silva, proprietário de imóveis e também atual presidente do SIEEESP (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de São Paulo).

 

“Governo não valoriza educação”, diz diretora de nova série da Globo
UOL; 12/09
http://bit.ly/2mbkv1q

Em outubro, a Globo estreia sua nova série, Segunda Chamada. A história criada por Júlia Spadaccini e Carla Faour, e dirigida por Joana Jabace, terá como cenário uma escola, a Estadual Maria Carolina de Jesus. Mas os alunos não os típicos de colégio: são jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de estudar e agora se dedicam à educação noturna, a EJA (Educação para Jovens e adultos).


Evento do Metro em São Paulo vai debater educação infantil
Jornal Metro; 13/09
http://bit.ly/2lPad7b

Os primeiros seis anos de vida são fundamentais para o desenvolvimento do indivíduo. Neste começo da vida, o cérebro tem altíssima capacidade de absorção e resposta aos estímulos. A velocidade e complexidade com que conexões neurais são estabelecidas são únicas: elas se formam a um ritmo de até 1 milhão por segundo. Não por acaso, o Metro Jornal escolheu a educação infantil como tema para o primeiro seminário do recém-criado núcleo de eventos. O seminário, que acontece no dia 19 de outubro em São Paulo, contará com a participação de 14 respeitados especialistas com atuação na educação infantil.

 

Jundiaí: Educação leva ferramenta da Google para a sala de aula
Jornal da Região; 12/09
http://bit.ly/2mfbowS

“A evolução no dever de casa”. Esse é o resumo da aposentada Marli Pimental, aluna do curso de espanhol do Centro de Línguas e de Tecnologia da Informação, sobre a tecnologia que chegou à escola, implantada pela Unidade de Gestão de Educação, em parceria com a Cijun: o Google For Education. A ação integra o programa Escola Inovadora, dentro do eixo modernização tecnológica com foco na aprendizagem dos alunos de todos os segmentos de ensino.

 

 



Artigo | As contas falsas da Reforma da Previdência
Carta Capital; 13/09
http://bit.ly/2kyO4K6

Por Pedro Paulo Zahluth Bastos: Se a aposentadoria por tempo de contribuição traz hoje mais recursos do que tira do sistema ao longo do tempo, como o governo podia chegar à conta inversa na planilha que nos enviou? Percebemos que o governo não cometeu o erro primário de economistas como Paulo Tafner, Marcos Lisboa e Pedro Nery, que usam só a álgebra elementar, sem sequer aplicar o Fator Previdenciário ao apresentar o cálculo atuarial das aposentadorias. Aqueles que fizeram os cálculos na planilha oficial que recebemos usaram as técnicas de matemática financeira que são consagradas na comunidade internacional e nacional especializada em avaliar o equilíbrio atuarial de diversos regimes de aposentadoria (e não apenas regimes de capitalização). Demoramos, mas descobrimos que eles não calcularam o que diziam, ou seja, uma aposentadoria aos 60 anos com 35 anos de contribuição. Calculavam uma aposentadoria por idade. E isto faz toda a diferença.

 

TST proíbe juiz de homologar acordo
parcial entre empregado e patrão

Folha de S. Paulo; 12/09
http://bit.ly/2kfV52d

O TST (Tribunal Superior do Trabalho) decidiu pela primeira vez contra a chamada homologação parcial de um acordo extrajudicial. A modalidade permite ao trabalhador aceitar apenas parte do acordo com o empregador. O instrumento foi criado pela reforma trabalhista de 2017 para evitar o acúmulo de processos. O acordo extrajudicial é feito entre empregador e empregado para pôr fim ao contrato de trabalho sem deixar pendência financeira.

 

TST homologa acordo extrajudicial com quitação geral
Migalhas; 12/09
http://bit.ly/2lKVpX3

A 4ª turma do TST admitiu a homologação de acordo extrajudicial com cláusula de quitação geral do contrato de trabalho. Com a medida, as pendências ficam solucionadas e o trabalhador não pode entrar com outros pedidos na Justiça. A Corte reformou decisão do TRT da 2ª região que homologava apenas parcialmente acordo sob alegação de que, no caso, foi apontada uma quantia global de indenização – sem a especificação de cada verba.

 

ABC: Começa nessa sexta-feira dia 13 saques de FGTS e Cotas do PIS
SinproABC; 12/09
http://bit.ly/2mfcqZM

A Caixa Econômica anunciou o cronograma de liberação do saque imediato de parcela de até 500 reais por conta ativa ou conta inativa do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Além do saque imediato, a MP 889 traz a modalidade do saque aniversário que prevê, a partir de 2020, a possibilidade de o trabalhador retirar, anualmente, um percentual de seu saldo no FGTS.
Saiba tudo sobre o saque do FGTS também no site da Fepesp: http://bit.ly/2k4FfHC.

 

 


“Eles têm o Capitão América e nós temos Bolívar”:
a Venezuela em 3 relatos selvagens. Por Maringoni, de Caracas

DCM; 13/09
http://bit.ly/2kkQpIs

“Algumas partes – especialmente aquelas erigidas na década de 1970, tempos em que o preço internacional do petróleo aumentou 12 vezes em 5 anos – bem poderiam formar um museu a céu aberto da “Venezuela saudita”, como o país era chamado. Vias expressas e elevadas rasgaram quarteirões e bairros. Largas avenidas se abriram onde antes só existiam acanhadas vielas e um moderno metrô – hoje também decadente – começou a circular pelas entranhas da capital. Uma arquitetura brutalista e monumental, feita de concreto e vidro, espalhou-se pelas zonas central e leste”.

 


Papa Francisco convoca evento mundial no Vaticano sobre educação
Acidigital; 12/09
http://bit.ly/2lOWL30

O Papa Francisco pediu para a Congregação para a Educação Católica organizar um encontro mundial sem precedentes sobre educação com o tema “Reconstruir o pacto educativo global”. O encontro acontecerá no Vaticano em 14 de maio de 2020 e o próprio Santo Padre quis enviar uma mensagem de vídeo para convidar para este encontro mundial “para reavivar o compromisso em prol e com as gerações jovens, renovando a paixão por uma educação mais aberta e inclusiva, capaz de escuta paciente, diálogo construtivo e mútua compreensão”.